Brilho e Apoio da Colônia Boliviana: Santos se Despede da Copinha, mas Enzo Monteiro e Miguelito Terceros Conquistam Corações

Cruzeiro faz segundo tempo impecável, marca três no Santos e avança na Copinha

Em Barueri, a Raposa bateu o Peixe, por 3 a 0, com gols de Fernando, Rhuan Gabriel e Rhuan Índio, e vai às quartas de final da Copa São Paulo.

O Cruzeiro escreveu mais um capítulo vitorioso em sua trajetória na Copa São Paulo de Futebol Júnior ao derrotar o Santos por 3 a 0, em partida realizada na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri. A equipe mineira avança para as quartas de final do torneio e agora terá como próximo adversário o Coritiba.

Só deu Santos no primeiro tempo

No primeiro tempo, a torcida santista presente em peso na Grande São Paulo viu seu time desperdiçar diversas oportunidades. Com chutes perigosos de Miguelito e Enzo Monteiro, que pararam na trave, o Santos tentou impor seu jogo, mas esbarrou nas defesas impressionantes do goleiro Otávio, do Cruzeiro. A Raposa, por sua vez, conseguiu resistir aos ataques e explorou alguns contra-ataques, sem, no entanto, ameaçar o gol adversário.

Raposa avassaladora

A mudança de cenário aconteceu logo no início do segundo tempo, quando o Cruzeiro abriu o placar com um gol de Fernando. A vantagem no marcador impulsionou os jovens jogadores de Belo Horizonte, que passaram a dominar a partida. A equipe mineira criou inúmeras oportunidades, enquanto o Santos, agora com o ritmo diminuído, não conseguiu mais ameaçar o adversário.

Nos acréscimos, Rhuan Gabriel e Rhuan Índio ampliaram a vantagem e sacramentaram a classificação do Cruzeiro para as quartas de final da Copinha.

Comunidade boliviana lamenta a eliminação

A noite em Barueri foi muito mais do que um simples confronto esportivo; ela se tornou um cenário de intensa manifestação da paixão futebolística e do apoio incondicional. Além do desempenho das equipes em campo, um protagonista especial emergiu: a vibrante presença da comunidade boliviana, que compareceu aos restaurantes da colônia para torcer fervorosamente pelos talentosos jogadores do Santos, o atacante Enzo Monteiro e o meia Miguelito Terceros, verdadeiras figuras queridas.

MIGUELITO-EAB-2024

A atmosfera nos estabelecimentos da comunidade boliviana no entorno da região do Brás, em São Paulo, era carregada de emoção e apoio. Celebrando e compartilhando a expectativa de ver seus jovens compatriotas brilharem nos gramados da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Enzo Monteiro e Miguelito Terceros, representantes desta comunidade imigrante, tornaram-se ídolos locais, conquistando não apenas pelos seus talentos futebolísticos, mas também pela conexão afetiva que estabeleceram com os torcedores bolivianos. A comunidade, ao comparecer em peso, demonstrou que a torcida vai além das arquibancadas, estendendo-se aos corações e estabelecimentos que formam a colônia boliviana em São Paulo.

meninos-pre

Mesmo diante da eliminação do Santos na Copa São Paulo, a comunidade boliviana não desanimou. O sentimento de orgulho persiste, e a mensagem da Sra. Natalia boliviana que mora em São Paulo a 12 anos, “Não foi desta vez, que seja esta eliminação uma pedra que ajude a forjar um futuro de triunfos destes meninos que valem ouro,” foi a mensagem de esperança e apoio contínuo a esses jovens talentosos, que representam não apenas um clube, mas uma comunidade apaixonada e unida.

Vídeo: Ge

VEJA TAMÉM
AMIGA

GUIA

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp
Email
Print