Luto em Cochabamba: falece Doña Anita, a “casera” criadora do “trancapecho”

A “Tía Anita”, como muitos a chamavam, era muito conhecida na Bolívia por sua trajetória na gastronomia cochabambina, pois afirmava ser a primeira a “criar” o “trancapecho”. Cochabamba encerra o dia de quarta-feira, 03/01/24, com a triste notícia do falecimento de Ana Camacho, a criadora do famoso “trancapecho” e mais conhecida por seu estabelecimento Doña Anita, em Las Islas.

“Lamentamos anunciar o falecimento de Doña Anita, após uma longa trajetória e por ser a fundadora do ‘trancapecho’. Hoje, a Sra. Ana Camacho Torrico Vda. de Urquieta nos deixou nesta vida. Anunciamos que o velório será realizado na funerária Santa Ana, localizada na Av. Calancha, ao lado da funerária Concordia”, publicaram na página do Facebook Trancapechos Anita.

Seu comércio em Las Islas era o mais visitado pelos “cochabambinos, paceños, cambas, tarjemos, benianos, orureños” e estrangeiros em visita à Bolívia, pois encantava a todos com seus “trancapecho”.

O tradicional “trancapecho” tornou-se um dos pratos principais ou bandeira do departamento cochabambino e do país.

“Eu amo meus clientes, os adoro. Eu penso que no meu trabalho coloco todo o meu carinho, meu empenho”, afirmava Doña Anita.

Fonte/foto: OPINIÓN

VEJA TAMÉM
AMIGA

GUIA

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp
Email
Print