Neurocientista Brasileiro, Introduz o Primeiro Curso de Neuroeducação na UNIFRANZ, Bolívia

Publicado em 26/01/24 às 16:18h.

La Paz, Bolívia – A Universidade UNIFRANZ está testemunhando um momento histórico com a introdução do primeiro curso de neuroeducação na Bolívia, liderado pelo destacado neurocientista brasileiro Dr. Fabiano de Abreu Agrela. Este curso não apenas marca um avanço significativo na interseção entre a neurociência e a educação no país, mas também anuncia o lançamento do primeiro programa de mestrado em Neurociências na Bolívia, uma iniciativa igualmente pioneira.

O Dr. Abreu, que possui pós-doutorado em Neurociências e é membro da Society for Neuroscience dos Estados Unidos, tem sido uma figura-chave na concepção desses programas na UNIFRANZ. “O objetivo desses programas é fornecer uma compreensão profunda de como o cérebro funciona e sua aplicação na educação”, afirmou o Dr. Abreu. “Através deste curso de neuroeducação e do futuro mestrado, esperamos estabelecer uma base sólida para a evolução contínua do ensino e da pesquisa em neurociências na Bolívia.”

FabianodeAbreuAgrela - cópia

O curso de neuroeducação na UNIFRANZ oferece aos educadores bolivianos uma oportunidade única de integrar conhecimentos neurocientíficos em suas práticas pedagógicas, enquanto o planejado mestrado em Neurociências promete aprofundar ainda mais o estudo e a pesquisa nessa área vital. Este mestrado é particularmente notável, pois será o primeiro do seu tipo no país, representando um marco na educação superior boliviana.

A comunidade acadêmica e educacional da Bolívia recebeu essas iniciativas com grande entusiasmo. “Estamos emocionados com o potencial desses programas para enriquecer nosso enfoque educacional e impulsionar a pesquisa científica em nosso país”, disse um porta-voz da UNIFRANZ.

A entrada do Dr. Fabiano de Abreu Agrela na Bolívia ocorreu em 2022, convidado pela UDABOL, e desde então ele também se incorporou ao Hospital Martin Dockweiler. Sua participação nesses programas na UNIFRANZ não apenas reafirma seu compromisso com a promoção da neuroeducação e das neurociências, mas também demonstra a crescente importância da Bolívia como centro de inovação educacional na América Latina. Esses programas são um testemunho do compromisso da UNIFRANZ em ser líder em educação avançada e pesquisa científica na região.

Créditos – Foto: Divulgação / MF Press Global

VEJA TAMÉM
AMIGA

GUIA

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp
Email
Print