Venha visitar o Museu da Língua Portuguesa durante o Carnaval

Publicado em 09/02/24 às 14:08h.

Instituição funcionará normalmente nos dias da folia, ou seja, das 9h às 16h30, com permanência permitida até as 18h. Na Quarta-Feira de Cinzas, abrirá às 12h

O Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, funcionará normalmente durante o Carnaval 2024, entre 10 e 13 de fevereiro. Ou seja, no sábado, domingo e terça-feira de Carnaval, vai estar aberto das 9h às 16h30, com permanência permitida até as 18h. Na Quarta-Feira de Cinzas, dia 14, haverá apenas uma mudança: abrirá às 12h. Na segunda-feira, dia 12, como geralmente ocorre neste dia de semana, estará fechado para manutenção.

Para visitar a exposição principal do Museu e a atual mostra temporária, intitulada Essa nossa canção, o ingresso custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), sendo que aos sábados há gratuidade para todos os públicos. Crianças até sete anos não pagam em nenhum dia da semana.

falares-IMG-0154

Visto que muitas das ruas do centro da capital paulista estarão interditadas para o desfile de blocos de Carnaval, a melhor maneira de chegar ao Museu é de transporte público. A instituição está localizada no prédio da Estação da Luz, que fica justamente na estação da Luz do Metrô e também da CPTM. Para chegar à bilheteria do Museu, nem precisa passar pela rua: há um acesso direto pela gare, a passarela no térreo que fica acima da linha do trem.

20240203-124825

Destaques da programação 
No sábado de Carnaval, em 10 de fevereiro, o Núcleo Educativo realiza a Oficina de Balangandã. Os educadores vão ensinar como criar este que é um dos adereços mais conhecidos do Carnaval brasileiro e explicar a origem da palavra “balangandã”, relacionada à presença das línguas bantu no país. Gratuita, a ação vai acontecer das 13h às 14h30, no Saguão B, sem necessidade de inscrição prévia.

No mesmo local, vale ainda participar do Karaokê Infinito. Em diálogo com a exposição temporária Essa nossa canção, a instalação, uma criação da artista Manuela Eichner, permite que o público cante e brinque com músicas do cancioneiro brasileiro, de terça a sábado, das 10h às 17h. Para interagir com a obra, montada em um ambiente lúdico, luminoso e colorido, não precisa pagar nada: é só chegar, pegar o microfone e soltar a voz.

Na exposição principal do Museu, a experiência Falares, que revela a diversidade da língua portuguesa falada no Brasil por meio de depoimentos de pessoas de todos os cantos do país, há indivíduos falando de maracatu, manifestação cultural do Carnaval pernambucano. Há ainda a presença de nomes como a sambista Alcione, homenageada pela escola de samba Mangueira em 2024.

Na Praça da Língua, espécie de planetário das palavras, é possível ouvir marchinhas de Lamartine Babo. Na experiência Português do Brasil, linha do tempo sobre a história da língua portuguesa falada no Brasil, há vídeos de Cartola, Carmen Miranda, Aracy de Almeida e Dorival Caymmi, figuras fundamentais para a música e o Carnaval brasileiros.

Já na mostra temporária Essa nossa canção, que relaciona a língua portuguesa com a canção popular brasileira, os destaques são as performances de Teresa Cristina e Juçara Marçal. A primeira canta Pelo telefone (Donga), considerado o primeiro samba gravado, e Juçara Marçal empresta a sua voz para Sinal fechado, um dos sucessos de Paulinho da Viola, cuja trajetória artística se mistura com a da tradicional escola de samba Portela.

Com curadoria de Hermano Vianna e Carlos Nader, consultoria de José Miguel Wisnik e curadoria especial de Isa Grinspum Ferraz, Essa nossa canção conta com o patrocínio máster da CCR, patrocínio do Grupo Globo, e com o apoio do BNY Mellon e do Itaú Unibanco – todos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO  
Museu da Língua Portuguesa durante o Carnaval

Oficina de Balangandã
Dia 10 de fevereiro (sábado), às 13h
No Saguão B do Museu da Língua Portuguesa
Grátis

Karaokê Infinito
De terça a sábado, das 10h às 17h
No Saguão B do Museu da Língua Portuguesa
Grátis

Exposição principal + mostra temporária Essa nossa canção
De terça a domingo, das 9h às 16h30 (com permanência até as 18h)
Na Quarta-Feira de Cinzas, das 12h às 16h30 (com permanência até as 18h)
R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia)
Grátis para crianças até 7 anos
Grátis aos sábados
Acesso pelo Portão A (em frente à Pinacoteca)
Venda de ingressos na bilheteria e pela internet: bileto.sympla.com.br/event/90834/d/238947

SOBRE O MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA  
Localizado na Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa tem como tema o patrimônio imaterial que é a língua portuguesa e faz uso da tecnologia e de suportes interativos para construir e apresentar seu acervo. O público é convidado para uma viagem sensorial e subjetiva, apresentando a língua como uma manifestação cultural viva, rica, diversa e em constante construção.

O Museu da Língua Portuguesa é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo de Estado de São Paulo, concebido e implantado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. O IDBrasil Cultura, Esporte e Educação é a Organização Social de Cultura responsável pela sua gestão.

PATROCÍNIOS E PARCERIAS  
A temporada 2024 conta com patrocínio da CCR, do Instituto Cultural Vale, e da John Deere Brasil; com apoio do Itaú Unibanco, e do Grupo Ultra. Conta ainda a parceria das empresas Instituto Votorantim, Epson, Machado Meyer, Verde Asset Management e Paramount Têxteis. Revista Piauí, Guia da Semana, Dinamize e JCDecaux são parceiros de mídia. A EDP é patrocinadora máster da reconstrução do Museu. A reconstrução e a temporada 2024 são uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet.

VEJA TAMÉM
AMIGA

GUIA

Compartilhe esta postagem:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp
Email
Print