Orureños são destaque pelo mundo afora

Uma mostra da história de orureños que conquistam seu espaço dentro e fora da Bolívia, Ademar Fuentes e Alexandre Lima nos 240 anos de aniversário de Oruro

Publicado em
Orureños são destaque pelo mundo afora

Ademar Fuentes Terrazas

Nasceu na cidade de Oruro 15/11/1978 (capital do carnaval boliviano), reside a (18) anos no Brasil (São Paulo), diz ser grato a Deus e “La Virgen Del Socavón” por ser Orureño.

Orureños são destaque pelo mundo aforaAdemar (a direita) acredita fielmente que seus sobrenomes representam sua história na cidade do folclore boliviano.

Orureño folclorista no Brasil

Ademar tem procurado além lutar pela superação econômica da família a superação cultural do seu entorno. Não duvidou em fazer parte e ser peça fundamental da “DIABLADA 10 DE FEBRERO” uma das primeiras fraternidades da “DIABLADA” no Brasil. “...parabéns aos orureños em todo o mundo, mantenhamo-nos unidos por que só assim poderemos crescer cada vez mais como sociedade que somos...” finalizou Ademar.

Como imigrante em terras paulistanas, Ademar mora com seus três filhos, o primogênito nascido em Oruro (orureño), o segundo nascido em Cochabamba (cochabamabino), e o ultimo nascido em São Paulo (paulistano). A família graças as tradições mantidas, são orgulhosos da cultura orureña/boliviana do pai.

Orureños são destaque pelo mundo aforaEmpreendedor e ativista social de destaque em São Paulo

Ademar como a maioria dos imigrantes bolivianos no estado de SP, trabalha na área textil. Sendo feirante na famosa “Feria da Madrugada – no Brás” em São Paulo. Sendo além de feirante um dos dirigentes da sssociação de feirantes denominada “ASCILESP” que circunda as ruas (Vautier, Baron de Ladario e Rodriguez do Santos).

Orureños são destaque pelo mundo afora
Alexander Max Lima Huarachi

Nascido em Oruro em 08/03/1986, atual diretor e vocalista da agrupação más representativa de Oruro “DOBLE VIA” agrupação legitimamente orureña que hoje celebra o noveno aniversário da agrupação.

De lá pra cá Alexandre integrou varias agrupações folclóricas e tropicais (bolivianas): entre elas podemos destacar, a Yara (Folklorico) Splendid (Tropical) entre otros.

Na atualidade a energia musical de Alexandre está sendo concertado na agrupação “DOBLE VIA” grupo com caraterísticas de uma fusão folclórica – tropical (boliviana). Esta empreitada tropical tem junto aos co-fundadores (Juan Quispe e Reynaldo Carvajal), os três músicos aproveitaram esta data festiva para enviar sua mensagem para todos os orureños do mundo; “...estamos em uma pausa, algo que não estamos acostumados em nossa cidade caraterizada pela alta do Carnaval de Oruro... pelo tema da pandemia do COVID-19, porem sabemos que isto vai passar e retornaremos às nossas atividades culturais em Oruro, queremos enviar uma saudação ao Bolívia Cultural e através de vocês fazer chegar uma saudação estendida a todos os bolivianos no Brasil. “...GENTE LINDA CUIDEN-SE E ESPEREMOS QUE PRONTO VOLTAREMOS AOS PALCOS... FELIZ ANIVERSÁRIO MEU BELO ORURO!!

foto de capa da página
Secretaría Departamental
de Cultura y Turismo - Oruro

Publicidade
Publicidade

 

Deixe um comentário