Mulheres são destaque em reivindicação por recintos eleitorais para as Eleições Gerais Bolívia 2020

A reivindicação do grupo de bolivianos foi posta em público no Vão Livre do Masp na tarde de domingo (4) de setembro na Av. Paulista em São Paulo. Os bolivianos mobilizados pedem ao consulado boliviano José Luis Bravo, e ao órgão eleitoral OEP maior eficiência para a gestão de espaços de votação junto aos órgãos públicos do Estado de São Paulo.

Publicado em

A ineficiente gestão do consulado boliviano em SP e do “OEP Organo Eleitoral Plurinacional”, podem criar aglomerações e a impossibilidade de muitos eleitores bolivianos acudirem a realizar seu voto pelas distâncias que existem no estado de SP.

São Paulo tem um colégio eleitoral de 40.342, já no resto do Brasil existem 1.340 cidadãos bolivianos devidamente empadroados para a contenda eleitoral Bolívia 2020. Estes números requerem uma distribuição geografia de recintos inteligente para assim oferecer o direito pleno ao voto no exterior dos bolivianos no Brasil.

As eleições gerais serão realizadas na Bolívia em (18) de outubro de 2020, após dois adiamentos. O motivo da realização desta edição é a eventual invalidade das eleições anteriores que levaram a protestos intensos no país em 2019 e ocasionaram a renúncia do presidente Evo Morales e a formação de um governo interino liderado pela atual presidente, Jeanine Áñez. 

Publicidade

Deixe um comentário