DENGUE - Aqui é papo reto, elimine os criadouros!

Papo reto: eliminar os focos do Aedes aegypti é responsabilidade de todos. Se você também fizer a sua parte, vamos acabar com os focos do mosquito.

Publicado em

O Aedes aegypti
O mosquito transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya é o Aedes aegypti. Ele se caracteriza pelo tamanho pequeno, cor marrom médio e por nítida faixa curva branca de cada lado do toráx. Nas patas, apresenta listras brancas. A observação destas características a olho nu é bastante difícil.

Quais os hábitos dele?
O Aedes aegypti vive de 35 a 45 dias, alimenta-se, reproduz-se e põe ovos durante o dia. As fêmeas do mosquito picam as pessoas, pois precisam de sangue para amadurecerem os ovos. É nesse momento que pode ocorrer a transmissão das doenças, pois as fêmeas podem estar infectadas pelos vírus.

Ciclo de Reprodução
A fêmea deposita até 100 ovos nas paredes internas de recipientes que tenham ou que possam acumular água parada, onde podem durar até um ano e meio. Em contato com a água, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas. Delas, surge o adulto num ciclo de, aproximadamente, 7 dias.

As Arboviroses são doenças que podem ser transmitidas por picada do mosquito e podem apresentar sintomas parecidos. O mosquito Aedes aegypti pode transmitir doenças como Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. O Aedes aegypti pode se tornar um transmissor também da Febre Amarela, no seu ciclo urbano.

Transmissão
A fêmea do mosquito pica o doente e se infecta com o vírus. Depois, pica uma pessoa saudável e inocula o vírus junto com a saliva. Uma vez infectado, o mosquito transmitirá o vírus até o final de sua vida (6 a 8 semanas).

ATENÇÃO: Não há transmissão por contato direto entre pessoas e suas secreções, nem por água ou alimento.

PERÍODO DE TRANSMISSIBILIDADE - VIREMIA:
Período que a pessoa tem o vírus circulando e pode infectar o mosquito – 1 dia antes do início dos sintomas até 5 - 6 dias após.

Sintomas
Febre alta com início súbito, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo, perda do apetite, manchas vermelhas na pele, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, dores nas articulações.

Período de incubação
Período entre o mosquito picar uma pessoa com o vírus e ser capaz de transmitir para outra pessoa: de 8 a 12 dias.

Período entre o mosquito com o vírus picar uma pessoa e esta pessoa apresentar os sintomas: de 3 a 15 dias, sendo em média de 5 a 6 dias.

Apesar das arboviroses terem sintomas parecidos, há alguns aspectos importantes de cada uma delas. Veja abaixo:

Dengue
Existem 4 tipos de vírus da dengue, por isso a pessoa pode pegar dengue até quatro vezes! Deve procurar atendimento médico imediato se apresentar estes sintomas, que podem indicar uma evolução para quadros graves::

Dor abdominal intensa e contínua
 
Vômitos persistentes
 
Tontura, principalmente quando fica de pé
 
Sangramentos de mucosa
 
Sonolência ou muita irritabilidade
Procurar um médico na unidade de saúde mais próxima e informar sobre os sintomas. Não se automedique, e mantenha-se hidratado.

Chikungunya
No caso de Chikungunya chama atenção as dores articulares que podem ser intensas e limitar os movimentos. Frequentemente são na região do tornozelo, punho e articulações da mão, mas podem afetar outras articulações.

Os pacientes podem ficar incapacitados devido à dor, ao edema e à rigidez das articulações, sendo incapazes de executar tarefas normais ou ir ao trabalho.

A pessoa pode pegar a doença apenas uma vez, ficando imune.

Zika Vírus
A maioria dos pacientes não apresenta nenhum sintoma. A maioria dos casos tem evolução benigna, ou seja, a pessoa fica curada. Há maior risco em gestantes, especialmente, quando a doença ocorre no 1º e 2º trimestre de gestação, podendo levar a malformações do recém-nascido.

Febre Amarela
Ela pode ser evitada com vacinação! No Município de São Paulo, a vacina contra febre amarela está recomendada para todas as regiões.

É uma doença com letalidade alta (morte). Pode chegar a 50% nos casos graves que evoluem com icterícia (pele e olhos amarelados) e sangramentos.

A Febre Amarela possui dois tipos de ciclos:

1 - Ciclo Silvestre: é transmitida pela picada do mosquito Haemagogus e Sabethes em região de mata.

2 - Ciclo Urbano: é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti.

No Brasil, continuamos sem o ciclo urbano da doença.

Importante! Quem transmite a febre amarela é o mosquito e não o macaco!

 

Saiba mais: combateromosquito.prefeitura.sp.gov.br

 

Acredite nas mulheres 5970

Acredite nas mulheres

Você sabia que, em 2018, em grupo de cada três mulheres brasileiras com idade entre 16 e 24 anos, duas sofreram algum tipo de assédio, segundo o Fórum...

Deixe um comentário