Crianças junto ao cantor Toquinho, são destaque nos 30 anos do Memorial da América Latina

"... a esperança que eu tenho e que as crianças realmente vivam num mundo melhor eu sei que e quase uma utopia tudo isso, mais a gente tem que lutar por isso..." Toquinho.

Publicado em

Em clima de paz, alegria e esperança aconteceu o evento que comemorou os 30 anos do Memorial da América Latina. Com casa cheia o Auditório Simon Bolívar acolheu o espetáculo artístico digno do principal espaço dedicado à cultura latino-americana no Brasil.

No ápice do show Toquinho acompanhado da “Orquestra Jazz Sinfônica Brasil” fechou o recital com a música “Aquarela”, momento em que dezenas de crianças do “Coral da UNIBES” coloriram o palco do Auditório Simon Bolívar, um final simbólico de paz para todos os países da América latina e o mundo.

O cantor e compositor Toquinho, em entrevista ao Planeta América Latina, falou que acredita que todos devemos dar muito mais de nós para mudar o mundo das nossas crianças... "A minha torcida é grande... a esperança que eu tenho e que as crianças realmente vivam num mundo melhor eu sei que e quase uma utopia tudo isso mais a gente tem que lutar por isso, mesmo achando difícil nós devemos buscar um mundo melhor para elas... vamos ver se melhora também a classe política que são eles que vão fazer o futuro dessas crianças todas..." concluiu Toquinho. 

Já o ator e diretor de teatro, Odilon Wagner deu as boas-vindas às crianças imigrantes que moram no Brasil,"...saibam que são muito bem recebidas , muito queridas e serão protegidas aqui em nossa pátria que será a partir de agora pátria de vocês também, se de vocês quiserem!" finalizou o ator e diretor Odilon Wagner. 

Deixe um comentário