A fachada do Theatro Municipal foi palco de clip folclórico boliviano em São Paulo

Clip boliviano traz o Theatro Municipal de São Paulo junto ao Vale do Anhangabaú e o Edifício Matarazzo como palco de exposição do folclore boliviano na cidade dos mil povos.

Publicado em

Fraternidad Salay Cochabamba filial SP-Brasil

O clip boliviano expõe a formosura da dança do "SALAY" exposta pela (fraternidad Salay Cochabamba filial SP-Brasil), própria da cidade de Cochabamba na Bolívia, a dança tem conquistado jovens imigrantes e de outras nacionalidades que aprenderam a valorizar cada vez mais o folclore boliviano, agora na capital mundial das culturas, a cidade de São Paulo denominada a cidade dos mil povos.

Fachada do Theatro Municipal palco de clip folclórico boliviano em São Paulo
Fraternidad Salay Cochabamba filial SP-Brasil, expositores da dança do "SALAY" em São Paulo - Brasil.

O vídeo clip trouxe nas suas imagens ícones do cartão postal da cidade de São Paulo, aprecie a seguir um pouco mais destes pontos turísticos da cidade de São Paulo:

Theatro Municipal de São Paulo

O Theatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros do Brasil e um dos cartões postais da cidade de São Paulo. Localizado no centro da cidade, na Praça Ramos de Azevedo, foi inaugurado em 1911 para atender ao desejo da elite paulista da época, que queria que a cidade estivesse à altura dos grandes centros culturais.

Fachada do Theatro Municipal palco de clip folclórico boliviano em São Paulo
Seu estilo arquitetônico é semelhante ao dos mais importantes teatros do mundo e foi inspirado na Ópera de Paris. O edifício faz parte do Patrimônio Histórico do estado desde 1981 quando foi tombado pelo Condephaat. Além de sua importância arquitetônica, o teatro também possui notabilidade histórica, pois foi palco da Semana de Arte Moderna, o marco inicial do Modernismo no Brasil.

Edifício Matarazzo

O Edifício Matarazzo, também conhecido como Palácio do Anhangabaú, é a sede da prefeitura da cidade de São Paulo desde 2004. Por ter pertencido anteriormente ao Banco Banespa, tem o apelido de Banespinha.

Fachada do Theatro Municipal palco de clip folclórico boliviano em São Paulo
Está localizado no Vale do Anhangabaú, junto ao Viaduto do Chá. É conhecido por seu telhado verde, localizado no último andar do edifício. Também possui um heliponto.

Fonte dos Desejos - Gloria

A Fonte dos Desejos, na Praça Ramos de Azevedo, no centro de São Paulo, é um conjunto de esculturas que inclui a fonte propriamente dita, o monumento a Carlos Gomes e 12 esculturas em bronze, mármore e granito representando personagens de óperas compostas pelo Maestro Carlos Gomes. A fonte foi uma homenagem da comunidade italiana ao Centenário da Independência do Brasil. Inaugurada em 1922, foi executada pelo artista de origem italiana Luiz Brizzolara, e inclui escadarias que ligam a Praça ao Teatro Municipal, mais acima, onde fica o Monumento a Carlos Gomes, formando um conjunto harmonioso.

Fachada do Theatro Municipal palco de clip folclórico boliviano em São Paulo
A Fonte dos Desejos - Gloria é uma escultura em bronze, mede 5,10m X 7,50m X 4,80m. Localizada na Praça Ramos de Azevedo.

Vale do Anhangabaú

Vale do Anhangabaú é uma região do centro da cidade de São Paulo, situada entre a Praça da Bandeira e a Avenida São João. É um espaço público comumente caracterizado como parque, onde tradicionalmente se organizam eventos, como manifestações públicas, comícios políticos, apresentações e espetáculos populares. É considerado o ponto que separa o Centro Velho do Centro Novo.

A fachada do Theatro Municipal foi palco de clip folclórico boliviano em São Paulo

om jardins, obras de arte e três chafarizes, o Vale do Anhangabaú é hoje um cartão postal do Centro de São Paulo, de onde é possível vislumbrar edifícios, igualmente caracterizados como cartões-postais, como o Martinelli, o Banespa, o Teatro Municipal, o Shopping Light e o Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura. O espaço também exerce a função de palco para a Virada Cultural, um evento tradicional da capital paulista que promove shows e atividades culturais pela cidade.

Créditos/vídeo:
Produzido por: Motions films
Fraternidad: Salay Cochabamba filial SP-Brasil

CAMI - Live América Indígena: Identidades e Resistências

Publicidade

Deixe um comentário