Carnaval de rua 2022 é cancelado em São Paulo

Foliões bolivianos aderem as restrições da prefeitura da cidade de São Paulo em prol da saúde e integridade das famílias

Publicado em
Carnaval de rua 2022 é cancelado em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), anunciou nesta quinta-feira (6) o cancelamento do Carnaval de Rua de São Paulo em 2022 por causa do avanço do coronavírus na cidade, após a chegada da variante Ômicron. Ainda em novembro do ano passado, o Carnaval de 2022 já havia sido cancelado em 25 cidades do interior do estado.

FOLIÕES BOLIVIANOS

Judith Sinaniz Barrenechea, presidente da Associação Cultural Folclórica Bolívia Brasil – ACFBB, em entrevista ao portal de notícias Bolívia Cultural, informou que a determinação da prefeitura será acatada pelos folcloristas bolivianos. 
 
Judith informou também que a ACFBB estava bem adiantada com a organização para participar do carnal de Rua 2022 da cidade de São Paulo. A associação boliviana estava planejando participar com 24 blocos carnavalescos divididos em (autoctonos, leves e pesados), com um total aproximado de 3.750 foliões. A saúde e a vida são muito importantes, vamos acatar todas as restrições para conter o vírus, concluiu Sinaniz.

Carnaval na Praça Kantuta
(reduto da cultura boliviana na cidade de São Paulo) também está fora de questão para a ACGBB, principalmente para evitar aglomerações que possam infetar as famílias de imigrantes e brasileiros, são fatores que impedem a participação da associação nas comemorações carnavalescas em 2022.

CARNAVAL NO SAMBODROMO

Apesar do cancelamento dos blocos de rua, os desfiles das escolas de samba no Sambódromo do Anhembi — que devem acontecer 25 e 28 de fevereiro — foram mantidos. Entretanto, os desfiles só poderão ocorrer se a Liga das Escolas aceitar os protocolos sanitários, como explicou Nunes.

VEJA TAMBÉM
Mulher policial (GCM) pede para as imigrantes denunciar a violência contra elas

Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário