Campanha organizada por imigrantes ameniza fome de famílias em SP

Famílias de imigrantes receberam cestas básicas entregues pela campanha “Bolívia Solidária” em SP

Publicado em

A quarentena provocada pelo coronavirus tem parado o comercio têxtil, base da economia da maioria dos imigrantes em São Paulo.

Nesta crise econômica milhares de familiais imigrantes encontram-se em situação de alta vulnerabilidade, sem alimentos, alugueis atrasados e com a saúde em risco. 

Campanhas arrecadam alimentos em SP

Para mitigar a fome das famílias, várias campanhas tem sido organizadas por imigrantes bolivianos, arrecadando alimentos para amenizar momentaneamente a fome de famílias que estão passando fome nestes momentos de quarentena em São Paulo. 

Campanha Bolívia Solidária

O grupo de voluntários imigrantes tem criado a campanha de doações de alimentos denominada "Bolívia Solidária" tem o apoio de ONGs e secretárias da prefeitura de São Paulo.

O critério de seleção das famílias a serem atendidas fica a cargo da equipe de assistente social do CAMI, que avalia a prioridade das famílias com maior grau de vulnerabilidade.

A primeira entrega de cestas da campanha foi realizada na quinta-feira de 16 de abril na cidade de São Paulo.

Entrega de cestas básicas

A entrega é realizada na residência do imigrante ou refugiado, paralelamente o imigrante recebe informações preventivas contra o coronavirus, além de tirar dúvidas de saúde, documentação, e oportunidades de trabalho que a família possa ter.

Infográfico da campanha Bolívia Solidária

Principais dúvidas das famílias atendidas

- Como aceder ao auxílio de R$ 600,00 do governo brasileiro;
- Informações sobre o cartão merenda, como ativar o cartão;
- Informações de documentos dos integrantes da família (RNE);
- Pedidos de oportunidade de trabalho;
- Dúvidas e oportunidades para retornar ao país de origem;
- Informações médicas.

Insituições e coletivs - da campanha Bolívia Solidária

- ACFBB - Associação Cultural Folclórica Bolívia Brasil;
- ADRB - Associação de Residentes Bolivianos;
- BC - Bolívia Cultural;
- CAMI - Centro de Apoio e Pastoral do Migrante;
- COEBIVECO;
- Comerciantes da Feirinha da Madrugada;
- Comerciantes da Penha;
- Consulado Geral da Bolívia em SP;
- Igrejas;
- Impacto Saúde;
- Médicos Sem Fronteiras - ONG Internacional;
- Rede URU de comunicação;
- Rede Mega Fox;
- Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo.

Veja como e onde doar para a campanha Bolívia Solidária

 

Publicidade

Deixe um comentário