Praça Kantuta comemora o carnaval boliviano em São Paulo

Por: Angelina Miranda - São Paulo 20 de Fevereiro de 2012 / Atualizado em 20/02 às 12h01
Share |


 

 

Bexigas de água e muita espuma. Esses são itens indispensáveis para comemorar o carnaval boliviano, e na Praça Kantuta, espaço da comunidade em São Paulo não seria diferente. Comidas típicas, danças e muita música embalaram a festa deste domingo (19).

 

Do começo da Rua Pedro Vicente que dá acesso à Praça, dava pra ver a animação de milhares de pessoas que tiraram o dia para festejar, dançar e celebrar a Virgem de Socavón, padroeira da cidade de Oruro.

 

Na cidade boliviana acontece a maior festa de carnaval do país.  Durante o cortejo muitos fiéis tentavam se aproximar para ver a imagem da santa, que depois foi colocada em um altar improvisado, envolta com flores e colares de papel. O padre argentino Sérgio de Arthur Alvin abençoou a festa fez uma breve cerimônia.

 

Com certo atraso os grupos começaram a se apresentar por volta das 14h, mas o público ávido por ver o espetáculo não se preocupou. Os desfiles dos grupos folclóricos e fraternidades tiveram início na Rua Uruguaiana e percorreram dois quilômetros até o Instituto Técnico FATECO.

 

O Corso Infantil (desfile) não aconteceu. Muitas das crianças participantes eram muito pequenas para percorrer todo o trajeto. Foi decidido que as primeiras trinta fantasias mais criativas, ganhariam kits escolares, e assim foi feito, várias crianças foram presenteadas.

 

Com as ruas fechadas para os desfiles, as pessoas se aglomeraram nas grades, “Cheguei antes para pegar meu lugar” disse orgulhosa a boliviana Rosa Mamani, que veio pra festa com seus dois filhos e o esposo.

 

Os brasileiros também estiveram presentes, “Eu já estive aqui algumas vezes, é um dia especial, está tudo muito lindo. Quem tiver curiosidade para conhecer outra cultura, o lugar é aqui” comentou a estudante Suevelin Cíntia.

 

Além dos foliões, quem ficou feliz foram os comerciantes pelas bexigas de água e o temido spray de espuma, ambos vendidos a todo o momento. Crianças e adultos se divertiam com a brincadeira que é tradição na Bolívia.

 

Quem queria ficar mais “seguro” das brincadeiras podia sentar em uma mesa das muitas barracas e degustar a variedade de pratos, assistindo às apresentações.

 

Morenada, caporal, chutas, diablada, tarqueada, moseñada estavam entre as danças apresentadas.


O grupo folclórico Caporales San Simón, não participou do evento. Parte da diretiva do grupo está em Oruro, mas mesmo assim alguns integrantes prestigiaram o evento. Já no grupo folclórico Kantuta Bolívia, de cinquenta a sessenta novos integrantes foram batizados celebrando assim as boas vindas à fraternidade, entre estes quatro crianças. [Saiba mais]

 

Além dos convidados, famílias com camisas personalizadas e grupos de cambas (pessoas da região de Pando, Bení e Santa Cruz na Bolívia)  participaram no final das apresentações, por volta das 18h30.

 

O Corpo de Bombeiros esteve presente preservando a segurança das 30 mil pessoas que passaram pela festa, segundo dados da Associação Gastronômica Cultural Folclórica Boliviana Padre Bento, organizadora do evento.

 

 

Participação da Prefeitura

 

 

No mandato até março deste ano, Wilson Ferreira presidente da associação, falou ao Bolívia Cultural sobre a importância da participação do Prefeitura em eventos da comunidade “A cada festa mais pessoas participam, temos um grande número de público nas nossas comemorações. Junto com este número precisamos aprimorar nossa estrutura para melhor recebê-los. Sem o apoio de órgãos públicos, fica complicado” desabafou.

 

 

 

Atrações


Fraternidad Diablada 10 de Fevereiro com a dança Diablada


Grupo Folclórico Kantuta Bolivia com a dança Caporal


Fraternidad Corazón Huacheño com a dança Tarqueada


Fraternidad Nueva Revelación com a dança Chutas


Fraternidad Cullahuada Esmeraldas del Valle com a dança Morenada


Fraternidad Intocables com a dança Chutas


Fraternidad Juventud Chicheña (residentes potosinos) com a dança Tarqueada


Fraternidad Bolívia Central com a dança chutas


Comparsa Coplas Cochabambinas com a dança Coplas Cochabambinas


Fraternidad Señorial Illimani com a dança chutas


Fraternidad Moseñada (residentes de la provincia Loaiza - Araca) com a dança Moseñada


 



Apoio

 

- Subprefeitura Mooca
- Western Union
- IDT
- ADRB
- Bolívia Cultural

- AeroSur

 

Confira as fotos

 

 

 

 

 


Fonte:

Bolívia Cultural


Share |


1 - 1 de 1 comentarios
Flávio
Postado em 20/02/2012
Em primeiro lugar quero dar os parabéns por este site que une as culturas bolivianas e brasileiras. Sou brasileiro de raíz, sempre fui apaixonado pelo idioma espanhol tanto que o aprendi sózinho e isso me fez aproximar de imigrantes latinos em especial os bolivianos. gostaria muito de conhecer mais a cultura boliviana e se eu puder ajudar em algo como ensinar... Veja mais

Add Comentário
Nome
Email
Menssagem
 


Resolução Mínima de 800x600 Copyright © 2009 - 2014, BOLÍVIA CULTURAL 2014
Um produto de Planeta América Latina - Produzido por MidiaMix Ltda e Setap Comunicação.