hollister online hollister wien abercrombie and fitch wien abercrombie wien adidas superstar adidas superstar damen belstaff lederjacke belstaff sale belstaff outlet salzburg woolrich parka woolrich arctic parka woolrich sale peuterey jacken peuterey sale peuterey jacken herren
Dona Bertha recebe reconhecimento, pela diretoria da Feira Kantuta - Bolívia Cultural

Bolívia Cultural - Eventos, Promoções e Novidades!

Confira os eventos, promoções e novidades em sua cidade. Aqui, no Bolívia Cultural!

Dona Bertha recebe reconhecimento, pela diretoria da Feira Kantuta

Dona Bertha recebe reconhecimento, pela diretoria da Feira Kantuta

A boliviana Bertha Valdez, foi reconhecida pelo espírito empreendedor demonstrado durante anos, dedicada ao engrandecimento da gastronomia e valorização da cultura boliviana em Brasil. O ato de reconhecimento aconteceu informalmente na "Feira Kantuta", na tarde de domingo (14) de janeiro de 2018.

 


Dona Bertha, comerciante boliviana marcou história na cidade de São Paulo.

Vendendo sozinha "anticuchos" (coração de boi no espeto, cozido na churrasqueira, acompanhado de batatas cozidas e pimenta de amendoim) em um posto improvisado na Pça. Padre Bento - bairro do Canindé em São Paulo (1.998), local onde funcionou nos seus inícios a feira boliviana, foi lá que a Sra. Bertha deu o primeiro passo para a existência da Feira Kantuta, atualmente maior e mais importante ponto de encontro dos imigrantes latino-americanos na cidade de São Paulo.

Atualmente dona Bertha não vende mais seus "anticuchos", dedica-se mais à família. Visitante assídua da kantuta, considera todos os feirantes como seus filhos, vê alegre como a feira conquistou seu espaço sendo um local de acolhimento e encontro dos bolivianos aos finais de semana.

Dona Bertha (78 anos de idade), inquieta do signo de "Virgem", nascida na população de Sorata - província Larecaja" a 150 km da cidade de La Paz, região conhecido como "O PARAÍSO TERRENAL" pela sua beleza e exuberância natural. Dona Bertha é Viúva e mora em Brasil a mais de 30 anos, veio para visitar a filha e conhecer o neto recém nascido. A idosa boliviana não tem irmãos sendo filha única, seus parentes vivem todos na Bolívia, tendo aqui em Brasil 3 filhos e 4 netos.

 

O feirante Luiz Chilman, integrante da diretiva da Feira Kantuta, entregando o diploma ao Mérito a Sra. Bertha Valdez, primeira feirante da hoje maior feira boliviana na cidade de São Paulo.

Mãe, Avô, Mulher empreendedora

Como caraterística das mulheres bolivianas, dona Bertha trabalha desde seus (11) anos de idade, "trabalhei vendendo verduras ao lado de uma tia mia, no Mercado Rodrigues em La Paz" (principal centro comercial de alimentos a céu aberto da cidade de La Paz na Bolívia) confirmou a Sra.Bertha. Chegando em Brasil não podia parar seu espírito empreendedor, e deu inicio seu comercio de comida de rua vendendo  “anticuchos”, que no futuro convertiria-se na feira mais conhecida dos bolivianos em território brasileiro.