hollister online hollister wien abercrombie and fitch wien abercrombie wien adidas superstar adidas superstar damen belstaff lederjacke belstaff sale belstaff outlet salzburg woolrich parka woolrich arctic parka woolrich sale peuterey jacken peuterey sale peuterey jacken herren
Bolivianos celebraram o 1º de maio na Rua Coimbra em SP - Bolívia Cultural

Bolívia Cultural - Eventos, Promoções e Novidades!

Confira os eventos, promoções e novidades em sua cidade. Aqui, no Bolívia Cultural!

Bolivianos celebraram o 1º de maio na Rua Coimbra em SP

Bolivianos celebraram o 1º de maio na Rua Coimbra em SP

Bolivianos celebraram o 1º de maio na Rua Coimbra em São Paulo.

A Rua Coimbra foi palco da festa cultural promovida pelo dia internacional do trabalhador. Famílias bolivianas e de outras nacionalidades latino-americanas aproveitaram o feriado na capital paulista.

 

 

Jorge Ledezma Cornejo Cônsul Geral da Bolívia em SP, Dra. Ruth Camacho, Jorge Meruvia o comerciante mais antigo da Rua Coimbra.

 


Entre as autoridades presentes no palco podemos destacar o novo Cônsul da Bolívia, Jorge Ledezma Cornejo que enviou uma mensagem em representação do presidente Evo Morales, uma mensagem de força aos bolivianos residentes na cidade de São Paulo.

Jorge Meruvia, boliviano morador e fundador do primeiro restaurante da Rua Coimbra, lamentou o pouco o nenhum apoio econômico para realização da festa, porem ressaltou que as festas não são feitos de dinheiro e sim de carinho pela nossa gente, e nossa querida pátria Bolivia.

 

O evento deu inicio com a tradicional missa celebrada pelo Pe. Padre Antenor João Dalla Vecchia, pároco da igreja Nossa Senhora da Paz, igreja historicamente associada aos migrantes na cidade de São Paulo.

 

A dança tradicional boliviana do tinku foi representado pelo grupo folclórico “Tinkus San Simón” integrantes que fizeram o deleite dos presentes. A salvadorenha Selina Castro deu o toque de beleza tropical a uma tarde que ainda esperava pelo grupo argentino “LA MARA SANTOS”.

 

Atos de violência ofuscaram o preâmbulo festivo.

Na parte da manhã (por volta das 8h) bolivianos feirantes da Rua Coimbra participaram de briga pelo espaço de barracas.

A chegada da polícia militar acalmou os ânimos sem antes a vítima ter realizado o Boletim de Ocorrência (BO) no 8º Distrito Policial Belenzinho - Mooca. Os envolvidos irão responder judicialmente, já que a denunciante senhora Neidy Dorado Takana (33), declarou ter sido agredida com 2 socos pelo senhor Teodoro Nina e esposa Julia, que a sua vez indicam terem sido agredidos pela denunciante e filho de (15). A discussão agora encontra-se nas mãos da justiça ordinária.