hollister online hollister wien abercrombie and fitch wien abercrombie wien adidas superstar adidas superstar damen belstaff lederjacke belstaff sale belstaff outlet salzburg woolrich parka woolrich arctic parka woolrich sale peuterey jacken peuterey sale peuterey jacken herren
A Salteña (saltenha) - Bolívia Cultural

Bolívia Cultural - Eventos, Promoções e Novidades!

Confira os eventos, promoções e novidades em sua cidade. Aqui, no Bolívia Cultural!

A Salteña (saltenha)

A Salteña (saltenha)

É um tipo de pastel assado originário da Bolívia, onde se consome principalmente pela manhã, sendo vendida e consumida em praças e ruas. Este produto se caracteriza por ser muito acessível: seu preço na Bolívia por unidade é de cerca de 40 centavos de dólar, mas podem-se encontrar também saltenhas a 15 centavos. Muito popular também no Centro-Oeste do Brasil, principalmente na cidade de Corumbá.


História

Nas obras de Antonio Paredes Candia (historiador e escritor), é possível ler que, no início do século XX, a senhora Juana Manuela Gorriti, que mais tarde se tornaria esposa do presidente Manuel Isidoro Belzu, nascida na cidade argentina de Salta, teve de fugir para o exílio com a sua família, durante a ditadura de Juan Manuel de Rosas. Deixou todos os seus bens para trás e instalou-se em Tarija, na Bolívia. Durante muitos anos, a família Gorriti foi marcada por uma pobreza extrema. O desespero levou a família a começar a preparar uns pastéis que designava como "empanadas caldosas", que eram típicas de algumas cidades europeias, na época.


A venda destes pastéis tornou-os muito populares, ao mesmo tempo que Manuela foi apelidada de "a saltenha", devido à sua cidade de origem. Os pastéis foram lentamente ganhando popularidade em Tarija, tendo acabado por se converter numa tradição. Paredes Candia menciona que era comum dizerem às crianças: "vai buscar uma empanada da saltenha". Com o passar do tempo, o nome de Manuela Gorriti foi esquecido, mas não a alcunha, razão pela qual a iguaria continua a ter o nome de saltenha.?Hoje em dia, é possível encontrar este produto num grande número de locais de venda em toda a Bolívia. A sua aceitação tem sido tão boa que chegou mesmo ao mercado internacional.

 


Existem muitas variedades de saltenhas, dependendo do recheio, mas mantêm todas um estilo e uma massa comuns. Veja a seguir como pode ser preparada em casa para o deleite da  familia.

 


Saltenha de frango

Ingredientes

500g de farinha de trigo

160g de manteiga

20g de açúcar

5g de sal

10g de colorau

240ml de água morna


Recheio

200g de peito de frango cozido temperado e desfiado

Caldo do cozimento do frango

100g de cebola picada

150g de batata picada em cubinhos

50g de açúcar

75g de azeite

100g de ervilhas

50g de salsinha

5g de orégano

80g de uvas passas

100g de azeitonas pequenas

10g de colorau

Sal e temperos a gosto


Modo de preparo

Massa

Em uma panela, derreta a manteiga junto com o colorau e deixe amornar.
A seguir, adicione parte da farinha, misture bem e deixe descansar por 1 hora.
Após este descanso, adicione o sal, o açúcar, a água e o restante da farinha, fazendo uma massa bem firme e lisa.
Corte as bolinhas de 20 a 30 gamas cada, embole-as, unte-as com manteiga e coloque-as nas assadeiras.

Cubra-as com um plástico e espere o descanso de 1 hora.
Abra a massa, corte e recheie.
Pincele com ovo e leve para assar.


Recheio

Numa panela, aqueça o azeite e adicione o colorau, as cebolas e deixe fritar.
A seguir junte o açúcar, o caldo de frango e o restante dos Ingredientes, exceto o peito de frango desfiado e as azeitonas que serão acrescentados separadamente em cada saltenha.
 
Levar ao forno a 300grados C-572F por 10 a 12 minutos.
 

Onde experimentar em São Paulo

Salteñas Los Caporales - www.loscaporales.com.br